Yoga theory applied

Application and adaptation of yoga techniques and philosophy

Uma breve história da revista Viniyoga

A revista Viniyoga nasceu na Bélgica, em 1983. O nome foi proposto pelo próprio Desikachar. Viniyoga significa adaptar o yoga às necessidades individuais de cada um. Não se trata necessariamente de simplificar. Podemos estar a falar de intensificações _ tudo depende  a quem nos dirigimos.

A ideia fundamental é adaptar para que cada um possa tirar o máximo benefício dos recursos que o yoga oferece.

Em 1993, juntamente com uma amiga e colega, Inês Matos, decidimos começar a fazer a tradução e publicação desta revista em Português. Falámos sobre isso com Claude Maréchal e tivemos luz verde: tudo aquilo que pode ajudar as pessoas a curto ou longo prazo deve ser feito. 

Mais tarde em 1994, num encontro com TKV Desikachar, tivemos o mesmo tipo de suporte. Percebemos bem que era para continuar... 

 Voltar

E as revistas mais antigas?

Vamos reformatá-las e disponibilizá-las em formato digital. Vão ter uma página especial para elas. Este vai ser um trabalho que vai durar algum tempo, mas que me parece que vale a pena ser feito, para haver a possibilidade de terem acesso a toda a coleção.

Assim que houver novidades, informamos! 

Voltar 

A revista Viniyoga Lusófona é diferente da antiga revista Viniyoga?

Bem... não e sim...

Não, porque o conteúdo é o mesmo. Só mudou a apresentação.

Sim, porque para nos adaptarmos a tempos mais modernos, foi preciso fazer certas opções:

A revista agora é digital. Porquê? Mais ecológico... Se pensarmos bem, há mesmo necessidade de nos sobrecarregarmos com quilos de papel, se podemos ter a mesma coisa sem peso nenhum... e sem ter que sacrificar nenhuma árvore? As árvores são necessárias para o nosso futuro e para o futuro das próximas gerações. Uma gota no oceano? Seja, mas aos poucos as coisas podem ir se compondo. Por mim prefiro ter a consciência tranquila em relação a isso...

A fim de que a leitura seja mais agradável, os artigos que estavam organizados em três colunas foram modificados de forma a terem só duas colunas. Isto implica talvez o sacrifício de algumas fotos. Mas a leitura seguramente será mais fácil.

As capas podem ser ligeiramente diferentes, para satisfazer certas questões legais que anteriormente não se impunham.

O mesmo se passa com o nome da revista.

Mas no fundo, a revista continua a mesma! Se já tem algum exemplar antigo, não compre um novo, porque não tem nada que o antigo não tenha... talvez só um pouco mais de cor...

Voltar 

Porquê uma revista em formato digital?

O yoga deve levar-nos a tomar consciência de certos factos. Hoje em dia não me parece que possamos nos dar ao luxo de sacrificarmos mais árvores para termos acesso a informação, havendo outros meios disponíveis. 

No entanto, quem comprar o formato digital pode sempre imprimi-lo, sabendo que isso poderá alterar a capa e talvez o conteúdo, devido às margens que utilizamos.

Cada qual faz como entender! 

Voltar 

Não tenho uma conta com o Paypal. Como posso fazer?

É relativamente fácil abrir uma conta com o Paypal. 

1 - Proceda ao pagamento (check out). 

2 - Abre-se a página do Paypal, com a barra verde de segurança e o cadeado, no lugar em que aparece o nome da página.

Do lado esquerdo diz o que está a pagar e do lado direito diz para escolher uma forma de pagamento (“choose a way to pay”).

Desse lado (direito), mais abaixo, diz “pay with my paypal account” (pago com a minha conta do paypal). E mais abaixo diz “Don’t have a Paypal account? (Não tem uma conta no paypal?)

3 – Se não tem conta com o Paypal, clique na segunda opção (a de baixo).

Do lado esquerdo continua a aparecer o que está a pagar e do lado direito tem um formulário para preencher.

4 -  A primeira coisa é escolher o país (Portugal, ou Brazil, etc.), no menu que aparece quando clicar na flecha. A partir daí, o questionário deve passar a ser em Português.

5 - Preencha o formulário. 

Indicações úteis:

Pode usar um cartão débito ou de crédito;  se não gosta de usar um cartão na net, há cartões de crédito recarregáveis, próprios para a net – informe-se no seu banco.

Não se esqueça de clicar no tipo de cartão que se trata - está impresso no próprio cartão (Visa, ou Maestro, ou Mastercard, etc.) 

Quando perguntam o seu nome, escreva o nome como aparece no cartão que vai usar - senão o Paypal não reconhece o cartão. 

Também pode mudar o cartão na sua conta Paypal depois, em qualquer altura.

Na pergunta: Estado, província ou região – ponha o nome do concelho, se viver em Portugal.

Precisa decidir qual o email que quer dar para a vossa conta. Vai ser com esse e-mail (e com a palavra-chave que escolher) que entra na sua conta, ou que pode fazer outros pagamentos.

Também precisa inventar uma palavra-chave. Eles dizem que deve ter pelo menos 8 caracteres, mas é aconselhável que tenha pelo menos uma maiúscula e um dígito, por uma questão de segurança. Não se esqueça da palavra-chave porque, assim como o email, também precisa dela para outros pagamentos.

6 – Depois em baixo é preciso clicar no botão que diz continuar.

O Paypal não é invasivo, quase não manda publicidade e é seguro. 

Se ainda assim não quiser abrir uma conta, e se for residente em Portugal, pode dirigir-se a um dos professores Viniyoga listados  na APV (Associação Portuguesa de Viniyoga) e apresentar o seu problema. Creio que encontrará uma solução 

Voltar 

Como funciona a compra destas revistas?

Há dois grupos de revistas: as que estão descritas na "Loja" e as outras mais antigas (que ainda não estão disponíveis em formato digital). Estamos a  passar as revistas que faltam para formato digital, o mais rapidamente possível.

Na loja, clique na revista que lhe interessa (ou nas revistas) para ler a descrição do conteúdo.

Para comprar a revista clique no botão "add to cart". Pode ver aí o que comprou e modificar. Pode cancelar a compra de uma revista carregando no "delete" ao lado do nome da revista (o nome está abreviado - em vez de Viniyoga Lusófono nº 27, por exemplo, vai ver só VPT-27). Dependendo da velocidade da internet o tempo de resposta da página pode não ser mais ou menos rápido. Por isso, se fizer modificações, aguarde até que a página responda.

Quando tiver os artigos que deseja no "carro de compras" (cart), é só proceder ao check out.

No máximo, em de cerca de dois dias (mais provavelmente no próprio dia ou no dia seguinte) as cópias que selecionou chegarão a si via e-mail. Se por acaso isso não acontecer, por favor contacte-me  

Voltar